24 de set de 2011

''SEJA UM IDIOTA''



''A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz!
A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado?
Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: 

mortes, separações, dores e afins. 
No dia-a-dia..., seja idiota!
Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. 

Ignore o que o boçal do seu chefe disse. 
Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. 
Pobre dele. 
Milhares de momentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. 
Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto. 
Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?
Alguém que sabe resolver uma crise familiar, 

mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? 
Quanto tempo faz que você não vai ao cinema? 
É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. 
E daí, o que elas farão se já não têm por que se desesperar? 
Desaprenderam a brincar. 
Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? 
Espero que não.
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas… a realidade já é dura; piora se for densa. 

Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. 
Entendeu? 
Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não tomar chuva. 
Pule corda! 
Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. 
Ser adulto não é perder os prazeres da vida – e esse é o único “não” realmente aceitável. 
Teste a teoria. 
Uma semaninha, para começar. 
Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras.
Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir… 
Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche.''





Arnaldo Jabor.


''MAIS DO QUE TRISTEZA''


Tristeza e desânimo são os sintomas mais evidentes da depressão. Essa doença é capaz de acabar com sua vontade de fazer coisas simples, como ver TV, trabalhar e passear. Porém, a depressão é traiçoeira: ela pode se manifestar com sinais de que o paciente nem desconfia, como dores nas costas, falta de desejo sexual ou prisão de ventre. 
"Em todos os casos, os pacientes apresentam uma queda da energia e do ânimo", afirma Rubens Pitliuk, psiquiatra do Hospital Albert Einstein, de São Paulo.




Veja a seguir os sintomas ocultos da depressão. Se eles durarem mais do que duas semanas, busque ajuda médica para que o problema não se torne mais grave: 


Organismo desregulado: 
A depressão pode causar aumento ou perda do apetite, bem como prisão de ventre. Pode haver dores de cabeça, nas costas ou no estômago, sem causa aparente e que não passam com o uso de remédios. Suor em excesso, palpitações e tremor são outros sintomas comuns. 


Pensamentos ruins: 
O deprimido pode ter ideias pessimistas e insistentes. A pessoa sabe que elas não fazem sentido, mas não consegue se livrar delas. 


Falta de desejo sexual: 
Diminui a vontade de fazer sexo. Há desinteresse por coisas que antes eram agradáveis, como sair com amigos, ler livros, ver novela. 


Manias estranhas: 
Você confere portas e janelas ou acha que pode fazer mal a si mesmo ou a alguém? Essas atitudes também podem indicar TOC, o transtorno obsessivo-compulsivo. 


Falta de concentração: 
O paciente não consegue se fixar numa leitura ou guardar na memória o que leu. Em pessoas mais velhas, a falta de memória pode ser o sintoma mais forte. A insônia também é comum entre os deprimidos. 


Beleza escondida: 
Pele envelhecida, boca amarga, olheiras, unhas quebradiças, cabelos fracos e sem brilho... Tudo isso leva embora toda a beleza de uma pessoa com depressão. 


Volta ao passado: 
Atitudes de anos atrás voltam, trazendo culpa e arrependimento. Problemas que antes eram resolvidos com facilidade se tornam tarefas pesadas e difíceis. 


Tristeza em dias nublados:
Há pacientes que pioram quando o tempo está frio e chuvoso. “Esses casos são chamados de depressão sazonal”, explica Pitliuk. 

Obs: Se não tratada devidamente, pode levar a uma incapacidade de gerenciar a própria vida e à perda da responsabilidade em relação aos outros. A depressão pode levar a casos extremos como o suicídio. A doença está associada à morte de cerca de 850.000 pessoas por ano, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).






23 de set de 2011

''SALMOS 14:1''


''SALMOS 14: 1''

''O TOLO diz em seu coração: 'Não há Deus'.
Estes são corruptos, fazem coisas abomináveis.
Não há nenhum deles que faça o bem.''


TOLOS DE ACORDO COM A BÍBLIA:




DRAUZIO VARELLA; o TOLO que é médico, escritor, um dos pioneiros no Brasil no tratamento contra a AIDS, deu aula nas principais faculdades do país e também
em algumas instituições no exterior e escreveu ''Estação Carandiru'' (baseado em sua experiência no Carandiru).


JOSÉ SARAMAGO; o TOLO que foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português.  Foi considerado o responsável pelo efectivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa. Saramago também recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1998.


JORGE AMADO; o TOLO que é o autor brasileiro mais publicado do planeta e pertenceu as Academias de Ciências e Letras da Alemanha, das Ciências de Lisboa e 
a Academia Brasileira de Letras.


CARL SAGAN; o TOLO que foi um importante astrônomo e cientista dos Estados Unidos. Considerado por muitos o maior divulgador da ciência, Sagan teve um papel significativo no programa espacial americano desde o seu início, sendo consultor e conselheiro da NASA por quase cinco décadas.


CHARLES CHAPLIN; o TOLO que foi um ator, diretor, produtor, comediante, dançarino, roteirista e músico britânico. Chaplin foi um dos atores mais famosos da era do cinema mudo, notabilizado pelo uso de mímica. Atuou, dirigiu, escreveu, produziu e financiou seus próprios filmes. 


MACHADO DE ASSIS; o TOLO que foi um dos fundadores e o primeiro presidente da Academia de Letras do Brasil, um dos criadores da crônica no país e
considerado por muitos o maior escritor brasileiro de todos os tempos.


ARNALDO JABOR; o TOLO que é cineasta, crítico, um dos maiores jornalistas da TV brasileira e escritor.


BILL GATES; o TOLO que é presidente da Microsoft, um dos pioneiros na revolução do computador pessoal e fundador da organização filantrópica que tem por principais objetivos promover a pesquisa sobre a AIDS e outras doenças que atingem, em maior parte, os países em desenvolvimento.


THOMAS EDISON; o TOLO que foi um inventor e empresário dos Estados Unidos que desenvolveu muitos dispositivos importantes de grande interesse industrial. Em sua vida, Thomas registrou 2.332 patentes, sendo amplamente considerado o maior inventor de todos os tempos. Não apenas mudou o mundo em que vivia, as suas invenções ajudaram a criar outro muito diferente: este em que vivemos hoje.


MÁRIO QUINTANA; o TOLO que foi um grande poeta, jornalista e tradutor brasileiro. Também ganhador do prêmio Jabuti (1981).


STEVEN WINEBURG; o TOLO que Recebeu em 1979 o Nobel de Física, por seu trabalho de unificação de duas forças fundamentais da natureza (o electromagnetismo e a força fraca, através da formulação da teoria da força electrofraca). 


OSCAR NIEMEYER; o TOLO que projetou Brasília e tem um museu com o seu próprio nome.


JAMES CAMERON; o TOLO que é um premiado cineasta, produtor, roteirista e editor canadense residente nos Estados Unidos. É bacharel em Física pela Universidade da Califórnia. E é dele a direção dos dois maiores filmes em bilheteria da história do cinema, Avatar e Titanic.


STEPHEN HAWKING; o TOLO que é um dos mais consagrados cientistas da atualidade. Doutor em cosmologia, foi professor lucasiano de matemática na Universidade de Cambridge (posto que foi ocupado por Isaac Newton).



Na ''modesta'' lista de malfeitores,

 também podemos encontrar: 


FRIEDRICH NIETZCHE, 
CAMILA PITANGA,
SAM HARRIS, 
STEVE JOBS,  
CHICO BUARQUE, 
ANGELINA JOLIE, 
CAETANO VELOSO, 
LUIS FERNANDO VERISSIMO,
CÁSSIA ELLER, 
RICHARD DAWKINS, 
FERNANDO PESSOA,
GLÓRIA MARIA, 
MONTEIRO LOBATO, 
BJORK,
ROBIN WILLIANS, 
JÚLIO VERNE,
FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, 
MALU MADER, 
LIMA DUARTE,
BRAD PITT, 
CHICO ANYSIO, 
EDDIE VEDDER, 
BILL MAHER,
BRUCE WILLIS, 
DAVID BOWIE, 
PABLO PICASSO,
WOODY ALLEN,
...


Todas essas pessoas são ''más'' e ''não fazem o bem'' 
(de acordo com a bíblia).
Com certeza nenhuma delas chega aos pés de Edir Macedo,
Adolf Hitler, Osama Bin Laden, Madre Tereza de Calcutá,
Padre Marcelo Rossi , Mara Maravilha e também
Xuxa Meneghel, A RAINHA DOS BAIXINHOS!



(E MAIS...)


Em uma pesquisa realizada pela revista veja
no mês de dezembro de 2007,
com o CNT/Sensus: 

Você votaria para presidente...

em um negro?
R: 84% SIM.

em uma mulher?
R: 57% SIM.

em um homossexual?
R: 32% SIM.

em um ateu?
R: 13% SIM.


{Se fossemos expulsar (por exemplo) todos os ateus dos Estados Unidos,
a Academia de Ciências perderia 93% dos cientistas.
Já nos presídios, a população de presos diminuiria em menos de 1%}.






''Para os peixinhos do aquário, 
quem troca a água é Deus''

- Mário Quintana.









13 de set de 2011

''AFINIDADE''




Não é o mais brilhante,
mas é o mais sutil,
delicado e penetrante dos sentimentos.
Não importa o tempo, a ausência,
os adiantamentos, a distância, as impossibilidades.

Quando há AFINIDADE,
qualquer reencontro retoma a relação,
o diálogo, a conversa,
o afeto, no exato ponto
de onde foi interrompido.

AFINIDADE é não haver
tempo mediante a vida.
É a vitória do adivinhado sobre o real,
do subjetivo sobre o objetivo,
do permanente sobre o passageiro,
do básico sobre o superficial.

Ter AFINIDADE é muito raro,
mas quando ela existe,
não precisa de códigos
verbais para se manifestar.
Ela existia antes do conhecimento,
irradia durante e permanece depois que as
pessoas deixam de estar juntas.

AFINIDADE é ficar longe,
pensando parecido a
respeito dos mesmos fatos que
impressionam, comovem, sensibilizam.

AFINIDADE é receber o que vem
de dentro com uma aceitação
anterior ao entendimento.

AFINIDADE é sentir com...
Nem sentir contra, sem sentir para...
Sentir com e não ter necessidade de
explicação do que está sentindo.
É olhar e perceber.

AFINIDADE é um sentimento singular,
discreto e independente.
Pode existir a quilômetros de distância,
mas é adivinhado na maneira de falar,
de escrever,
de andar,
de respirar.....

AFINIDADE é retomar a relação
no tempo em que parou.
Porque ele (tempo) e
ela (separação) nunca existiram.
Foi apenas a oportunidade dada (tirada)
pelo tempo para que a maturação
pudesse ocorrer e que cada
pessoa pudesse ser cada vez mais. 


Artur da Távola.