29 de mar de 2012

''CURIOSIDADES DA CIÊNCIA''


- Um raio atinge uma temperatura maior do que a da superfície do sol.

- A cada ano, 98% dos átomos do nosso corpo são substituídos.

- É impossível espirrar com os olhos abertos.

- Em 10 minutos, um furacão produz mais energia do que todas as armas nucleares juntas.

- Uma pessoa pisca os olhos aproximadamente 25 mil vezes por dia.

- Um pedaço de uma estrela de neutrons do tamanho de uma cabeça de alfinete pesaria um milhão de toneladas.

- O som viaja muito mais rápido no aço do que do ar: O som percorre em 5100 m/s direto do aço, 1480 m/s da água e 330 m/s do ar;

- Se gritares durante 8 anos, 7 meses e 6 dias, a energia libertada é igual à necessária para aquecer uma chávena de café.

- O músculo mais potente do corpo é a língua.

- O olho humano é capaz de distinguir 10.000.000 de diferentes tonalidades.

- É fisicamente impossí­vel lamber o próprio cotovelo.

- O grafite do lápis e o diamante possuem a mesma forma química e se diferenciam unicamente pela estrutura cristalina.

- São necessários 8 minutos e 17 segundos para a luz viajar da superfície do sol à terra.

- 10% de todos os humanos nascidos, estão vivos neste momento.

- Se você conseguisse dirigir seu carro na vertical, direto para cima, levaria cerca de uma hora para chegar ao espaço (algo em torno de 65 km).

- Astronautas não conseguem arrotar quando no espaço - não existe gravidade para separar os líquidos dos gasosos em seus estômagos.

- O corpo humano tem mais de 96.000 km de vasos sangüíneos.

- Quando uma pulga salta, a aceleração à qual ela se submete chega à 20 vezes a de um ônibus espacial durante o seu lançamento.

- Cada pessoa perde 40 kilos de pele durante sua vida.

- Parte da interferência na sua TV e no rádio se deve as ondas do Big Bang que gerou o universo.

- Mesmo viajando à velocidade da luz, seriam necessários dois milhões de anos para ir da Terra à galáxia mais próxima, Andrômeda.

- No núcleo do sol, a cada segundo, 600 milhões de toneladas de hidrogênio se convertem em hélio. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário